fbpx
Crie sua própria playlist de quarentena com a Inteligência Artificial (IA) do Google
Inteligência artificial

Crie sua própria playlist de quarentena com a Inteligência Artificial (IA) do Google

Lo-Fi Player, o mais recente projeto do Google Magenta, permite mesclar músicas em uma sala virtual com a ajuda de machine learning

A equipe do Google Magenta, que fabrica ferramentas de machine learning para o processo criativo, criou modelos que ajudam a compor melodias e ferramentas que ajudam a desenhar gatos. Além de divertido, também permite explorar como a IA pode tornar a criação mais acessível. Seu projeto mais recente agora dá a qualquer um a chance de fazer músicas de quarentena – sem necessidade de treinamento musical.

Lo-Fi Player, projetado por Vibert Thio, um tecnólogo e artista que entrou para a equipe neste verão, permite que os usuários interajam com objetos em um ambiente virtual para mixar suas próprias faixas sonoras de hip-hop lo-fi. O objetivo é tornar a experiência de mixagem de música o mais simples e amigável possível. A sala é um desenho bidimensional, pixelado, exibido em um navegador da web. Clicar em objetos diferentes, como o relógio e o piano, solicita ao usuário que ajuste faixas diferentes, como a linha da bateria e a melodia.

Existem dois modelos de machine learning funcionando em segundo plano. Um, escondido no rádio, gera novas melodias quando clicado; o outro, escondido na TV, interpola entre duas melodias para criar algo que soe um pouco como as duas.
A maioria dos sons na sala, no entanto, não é gerada pelo machine learning – e esse é o ponto. Ao longo do processo, Thio trabalhou com produtores lo-fi para selecionar linhas de baixo, de bateria e barulhos de fundo que são característicos do gênero e soam bem. Ele também escreveu quatro opções de melodia que os usuários podem escolher. O machine learning adiciona apenas um toque final nas faixas criadas para dar a cada usuário uma combinação única.

O lançamento inicial do Lo-Fi Player também inclui uma transmissão ao vivo interativa do YouTube, onde os usuários podem digitar comandos na janela de bate-papo para mudar a música. A ideia é fazer da criação musical uma experiência mais coletiva, com a quarentena em mente. “Incrível como algo tão pequeno pode nos unir durante a Covid-19”, diz Doug Eck, um cientista pesquisador que supervisionou o projeto.

Agora o projeto está em sua primeira versão, mas Thio já vê mais possibilidades. O projeto dos seus sonhos é fazer uma espécie de TikTok para criação musical – uma interface que torne muito fácil para não músicos brincar com a edição de músicas, compartilhar suas criações e se expressar.

Nossos tópicos