O combate aos aplicativos de stalking
Podcast

O combate aos aplicativos de stalking

O Google está tendo dificuldades para cumprir a promessa de proibir os anúncios de stalkware, aqueles aplicativos que permitem que as pessoas espionem os seus parceiros.

Um stalkware é um spyware projetado para monitorar secretamente outra pessoa. Ele coleta informações sobre seu alvo, sua navegação e seus hábitos de uso da Internet, bem como outros dados. Em 2020, o Google alterou sua politica de privacidade, incluindo um trecho que dizia que iria proibir a promoção desse tipo de aplicativo. Mas criou um dilema, uma vez que a empresa continua permitindo anúncios que vendem ou disponibilizam produtos ou serviços para o monitoramento de crianças, com o argumento de proteção dos filhos.  
  
No episódio desta semana do podcast MIT Technology Review Brasil, André Miceli, Carlos Aros e Rafael Coimbra falam sobre diferenças e semelhanças dos aplicativos de cyberstalking e de controle parental, e debatem as dificuldades do Google em cumprir a promessa, uma vez que os softwares são tão parecidos, apesar de serem usados para fins tão distintos. 
  
E no “Momento Segurança Digital” dessa semana, o diretor-executivo de soluções digitais da Embratel, Mário Sergio Rachid, fala dos desafios sob o ponto de vista da segurança apresentados pelo modelo híbrido de trabalho. A solução, adotada no início da pandemia, pode abrir portas para a ação de cybercriminosos. Por isso as empresas precisam de um planejamento que diminua os riscos dos acessos remotos e garanta um ambiente mais seguro. 

O podcast da MIT Technology Review Brasil é uma conversa semanal sobre os principais temas relacionados a tecnologia, inovação e negócios.   

Esse podcast é um oferecimento de SAS.