Coronavírus e a grande mudança para a nuvem
Computação

Coronavírus e a grande mudança para a nuvem

Para pequenas e médias empresas (PMEs), a chave para a sobrevivência durante a Covid-19 tem sido uma rápida reformulação da infraestrutura de TI em busca de novos modelos de negócios e formas de trabalhar.

No espaço de alguns meses, a Covid-19 aumentou a atividade econômica e social em todo o mundo, ao enviar bilhões de pessoas para casa por meses a fio e provocando uma queda na produtividade. Na Ásia, a primeira região a ser afetada, ocorreram grandes perturbações nas economias que mais crescem no mundo. O Banco de Desenvolvimento Asiático prevê que a produtividade na Ásia-Pacífico pode encolher entre US $ 1,7 e US $ 2,5 trilhões este ano devido à pandemia, custando à região cerca de 170 milhões de empregos.

A pesquisa Asian Business Sentiment da Thomson Reuters / INSEAD constatou que a confiança nos negócios na região despencou para uma baixa de 11 anos a partir do primeiro trimestre de 2020; já o índice Markit Purchasing Managers da Coreia do Sul caiu para o nível mais baixo desde janeiro de 2009, e a Pesquisa Tankan do Banco do Japão, em março, apontou os menores índices de confiança nos negócios em sete anos. Poucos setores de negócios estão ilesos.

Forçados a se adaptarem

No varejo, o impacto no setor foi drástico e afetou todas as partes envolvidas nos modelos de negócios – caracterizada por uma mudança da noite para o dia a uma total dependência dos canais digitais, interrupções e defasagens nas cadeias de suprimentos e uma maneira completamente nova de trabalhar para equipes. A Alibaba está trabalhando com muitas empresas na Ásia-Pacífico enquanto navega no novo ambiente operacional. “A mudança de estilo de vida e consumo está levando a uma reformulação dos modelos de negócios”, diz Selina Yuan, presidente de negócios internacionais da Alibaba Cloud Intelligence, observando que, à medida que as empresas iniciam uma transformação digital, elas também precisam otimizar a eficiência e minimizar os investimentos.

Um exemplo disso é a Kopi Kenangan, uma rede de cafeterias indonésio financiada com capital de risco e 345 lojas em todo o país. De acordo com Fengping Zeng, diretor de tecnologia da rede, os negócios viram uma mudança repentina e quase total no comportamento de compra dos consumidores que costumavam fazer refeições dentro do restaurante, por exemplo, e agora pedem mais delivery online desde que a Indonésia entrou em regime de confinamento em março de 2020. “Esse início repentino aumentou os desafios em todos os aspectos de nossos negócios, desde o gerenciamento da cadeia de suprimentos até o cumprimento das demandas, e isto exigiu uma rápida adaptação de nossos sistemas de suporte”.

A mudança para a nuvem

A TI desempenhou um papel fundamental, explica Zeng, ajudando a criar a resiliência que os negócios precisavam para se recuperar pós-pandemia. “Precisávamos fazer o downgrade de nossos servidores para economizar custos. Ao mesmo tempo, queremos aumentar a capacidade deles assim que o confinamento terminar. Usamos o utilitário de expansão de capacidade elástico no Alibaba Cloud para nossos grupos de produtos, que, automaticamente, desatualizam e atualizam os recursos de acordo com o volume de tráfego. À medida que nossos negócios crescem, os clientes terão novas expectativas, exigindo mais funcionalidades, uma experiência mais suave e maior disponibilidade de serviços”.

O uso de canais digitais para aumentar a receita tem sido um objetivo fundamental para muitos clientes, diz Yuan. O que envolve pesquisas crescentes, recomendações e outras funções de atendimento ao cliente. Isso cria uma necessidade óbvia de “infraestruturas robustas, resilientes, seguras e flexíveis, além de ferramentas inteligentes escalonáveis”.

O cloud computing e a análise inteligente estão em uma posição central para atender a essa demanda crescente. De fato, pesquisas indicam que a pandemia está servindo para acelerar a adoção da nuvem na Ásia: O banco de investimentos coreano Mirae Asset publicou recentemente um relatório no qual estima que os gastos da China em nuvem pública aumentariam 58% em 2020, para US $ 19 bilhões, já que a rápida mudança para as plataformas de negócios online fortalece a demanda por tecnologia baseada em nuvem mais do que nunca. Isso também incluirá cada vez mais pequenas e médias empresas (PMEs) que recentemente têm se beneficiado da transformação digital.

“À medida que empresas e PMEs movem mais de seus negócios críticos pelo meio online, elas procurarão cada vez mais fornecedores de nuvem confiáveis ​​para apoiar sua presença digital de maneira eficiente, resiliente e segura”, diz Yuan. A simplicidade das ferramentas disponíveis no mercado catalisará ainda mais a digitalização. “Quando as empresas podem comprar produtos em nuvem sob demanda e dimensionar para cima e para baixo o consumo de recursos nesses espaços com base em suas necessidades reais, a entrada na nuvem ajuda a facilitar o acesso às ferramentas digitais e às melhores tecnologias da categoria, de maneira econômica – e acessar perspectivas e inteligência que possam vê-los emergir da crise ainda mais fortes. Isto é verdade especialmente para as PMEs, que podem capturar as oportunidades decorrentes da inteligência em nuvem sem grandes investimentos iniciais em TI”.

Na Kopi Kenangan, a transformação digital foi voltada para a flexibilidade, diz Zeng. “Construímos nossos serviços em cima do Kubernetes (uma plataforma de código aberto) e tecnologias de containers relacionadas, que podem monitorar e manter a integridade do servidor. A plataforma Kubernetes também nos permite fazer o gerenciamento de falhas a qualquer momento, o que nos dá flexibilidade para corrigir problemas de maneira mais ágil”. Como uma empresa de médio porte, um dos principais benefícios da Kopi Kenangan é poder acessar o conhecimento e os recursos do Alibaba Cloud. Isso é particularmente importante em emergências: “os provedores de nuvem oferecem muitas ferramentas e sistemas com suporte à recuperação de sistemas (ou recuperação de desastres), e essas ferramentas podem ser configuradas por um engenheiro de nível intermediário”, o que aumenta a autoconfiança da empresa.

Nunca deixe uma crise ser desperdiçada

A pandemia da Covid-19 oferece uma oportunidade única para os líderes reavaliarem estratégias de negócios, especialmente porque a nuvem se tornou um imperativo para empresas de todos os tamanhos acelerarem a transformação digital. Yuan acredita que os tomadores de decisão em tecnologia podem aproveitar esse tempo para se perguntarem: “Quais são os obstáculos que estamos tentando resolver? Como as empresas usam tecnologias digitais em determinados cenários? Qual é o ROI necessário?” Para aproveitar o crescimento do tráfego e aumentar a receita, a Tokopedia, uma plataforma de compras em rápido crescimento na Indonésia, usa a infraestrutura Alibaba Cloud para hospedar seu site e sua solução de e-commerce para dar suporte à pesquisa de imagens e transmissão ao vivo, a fim de oferecer uma experiência de compra mais personalizada para seus consumidores. A Tokopedia trabalhou em estreita colaboração com o Alibaba Cloud para executar uma solução localizada eficaz.

A transformação em nuvem não apenas fornecerá às empresas recursos para se recuperarem mais rapidamente da crise, mas também servirá como alavanca estratégica, permitindo que os líderes de negócios repensem as prioridades e a alocação de recursos. Yuan espera que, neste repensar, “os líderes empresariais acelerem o processo de digitalização para encontrar modelos de negócios mais criativos e renovem as infraestruturas de TI a serviço do planejamento de negócios mais amplo das empresas”.

Nossos tópicos